Friday, August 17, 2007

A-MAR


Lancei-me ao mar e perguntava incessantemente:

- Há mar?

Ele não me dizia nada, batia em mim cada vez mais forte, e eu falei:

- Aaaaah... mar!

Sair correndo e as ondas tentavam me agarrar pelos pés, ainda conseguir chutar duas entre espumas.

- hahahaha mar!

Ri muito, satisfeito de mim próprio. Eu fugi...mas quando olhei a minha volta estava em cima de uma pedra, arrodeado de mar. Bem que "mar" poderia ser uma palavra feminina, assim minha rima daria certinha.

- Lancei-me à mar.



1 comment:

Fabiana said...

Como não Amar?

B´jão Meigo